Sobre

(Arquivo pessoal) Cordilleras de los Andes, Chile – 2019

Eu sempre fui péssimo em me descrever e achava que isso era normal. Descobri que na verdade as pessoas que não sabem se descrever ou são muito tímidas (o que ocasiona um bloqueio de uma informação que já é verdadeira e profunda para a pessoa), ou realmente carregam dúvidas sobre a sua própria personalidade. Ao descobrir isso, meu próximo passo foi buscar entender quem eu sou e aos poucos ir lapidando um propósito em meu coração, e também uma descrição para posteriormente escrever na sessão “sobre” de um blog (haha).

Tem um “fundo bem grande” de verdade neste primeiro parágrafo, já que sempre tive dificuldade em me descrever, tanto em textos, quanto pessoalmente quando confrontado. Quando me questionavam o que eu queria ser, quais eram minhas pretensões para a vida, ou até mesmo quem eu era, eu não tinha consistência nas respostas, que sempre eram confusas e vagas. Eu não tinha um propósito de vida e não conhecia nem um pouco o ser humano incrivelmente complexo que sou.

Mas em uma coisa eu sempre insisti, o assunto desenvolvimento humano me fascinava, quanto mais eu aprendia sobre mim e sobre as outras pessoas, mais resultados eu alcançava em cada área da minha vida. Essa ambição em me tornar uma pessoa melhor todos os dias me fez entender que não faz sentido evoluir sozinho, mas que eu deveria sim ajudar as pessoas a evoluírem também, até porque:

“Portanto, comete pecado a pessoa que sabe fazer o bem e não faz.”

Tiago 4:17 NTLH.

De todos os livros, a bíblia sem dúvida foi o livro que me causou o principal ponto de inflexão que tive em minha vida (em cálculo diferencial, um ponto de inflexão é um ponto sobre uma curva na qual a curvatura troca o sentido a partir deste ponto) . A bíblia é um livro rico em ensinamentos sobre o ser humano e suas ações, e trás princípios e ideias que se bem utilizadas, com certeza podem transformar a sua vida de forma individual e coletiva (impactando também as pessoas ao seu redor).

Não se trata de religião, se trata sobre entender que um livro com ensinamentos de mais de 2.000 anos atrás ainda tem forte impacto em nossa sociedade e em nossas vidas, de forma direta ou indireta.

Criei este blog para compartilhar o meu conhecimento e experiência sobre os ensinamentos contidos na Bíblia de forma não só teórica, mas também prática, de forma simples e inserida no contexto de nosso cotidiano. Contando como é uma vida cristã de forma verdadeira e aplicada nos dias atuais, não no passado, até porque o mundo está em constante progresso e devemos acompanhá-lo, fugindo assim da estagnação e da miséria intelectual, emocional e espiritual.

Me acompanha?

Gabriel Fogaça.