Autoajuda?

Porque temos que nos formar em alguma ciência para nos comunicar e entender sobre a vida? Ao achar que as coisas da vida são apenas para os grandes pensadores e estudiosos deixamos de pensar nelas, por consequência, deixamos de pensar em nós mesmos.

Todas as áreas de estudos são importantes, cada uma com a sua utilidade específica. Mas eu diria que a maneira mais eficaz de entender sobre a vida e as coisas que acontecem nela é através da observação (que aliás, é um método obrigatório em qualquer estudo científico).

Porém, não quero que a minha forma de pensar seja vista como científica (apesar de utilizar também a ciência como base), e tampouco servir de exemplo de como se deve viver. O objetivo deste blog não é servir de autoajuda, mas sim como um propulsor de reflexão sobre tudo o que é inerente ao ser humano. Quero que você pense e reflita através dos textos contidos neste blog, para que você não se limite a ideias fixas e busque cada vez mais se tornar alguém melhor do que já é.

Não quero que a minha perspectiva sobre a vida seja uma verdade universal, nem uma verdade para você, até porque, a minha perspectiva se baseia nas minhas experiências, no que eu vivi, tornando-as empíricas. Mas é justamente através dessa troca de experiências e vivências que alcançamos um patamar elevado de conhecimento e descobrimos a nossa própria verdade.

Quero ser o seu amigo e compartilhar histórias e ideias com você.

Eu não escrevo autoajuda, nem ciência. Eu escrevo sobre a vida.