Coaching x mentoria

Resolvi escrever este artigo com o objetivo de não me estender muito nas palavras e ser extremamente objetivo com um tema: a diferença entre o coaching e a mentoria. Na página do blog sobre o coaching, explico um pouco da diferença entre o coaching e outras áreas de maneira superficial. Resolvi me aprofundar sobre a diferença e características da mentoria e do coaching, dúvida que está na mente de muitas pessoas. Não saber essas diferenças pode ser um erro gravíssimo na hora de contratar qualquer um dos dois serviços.

Então vamos lá!

Dar conselhos

O coach em um processo de coaching, nunca diz para o cliente o que ele deve fazer, toda a metodologia e a técnica gira em torno da autodescoberta do coachee, o tornando unicamente responsável por suas decisões e consequências. Já em um processo de mentoria o que acontece é justamente o oposto, o mentor diz ao cliente o que ele deve fazer e como. Que fique bem claro, um coach que dá conselhos é na verdade um mentor.

Experiência de vida

Justamente por dar conselhos, o mentor para ser reconhecido precisa ter uma grande bagagem no que diz respeito ao motivo de sua contratação, por exemplo, um mentor de CEOs, geralmente foi um CEO por muitos anos e através da mentoria repassa todo o seu conhecimento. O coach não necessita ter bagagem independente do motivo de sua contratação, a única experiência que este profissional deve ter é em aplicar a metodologia e as técnicas de coaching. Enfatizo, o coach não é especialista no nicho, o coach é especialista em coaching.

Metodologia e técnica

Em um processo de coaching há uma metodologia e uma técnica a ser aplicada em ordem cronológica, baseado em evidências científicas (comprovadas pela aplicação em outros coachees e testes), ou seja, não é possível querer mudar a receita do bolo de morango e esperar que mesmo assim o resultado seja um bolo de morango. Na mentoria, o processo segue como já dito, de acordo com a experiência e a vivência do mentor. O processo de mentoria pode sim ter padrões, mas pode variar muito de mentor para mentor de acordo com a sua visão sobre o tema trabalhado. Por exemplo, quando contratamos um personal trainer, ele dificilmente dará um modelo de treino igual a outro profissional, porque baseado na experiência dele entende que o treino ‘X’ é o ideal para você. Isso no coaching não acontece, e se acontecesse, não é coaching. Busque sempre profissionais formados e com certificações reconhecidas.

Qual é o melhor?

Para finalizar, o intuito deste artigo foi justamente mostrar de maneira clara e objetiva a diferença entre os processos de mentoria e coaching, isso não quer dizer que uma opção seja melhor do que a outra, mesmo eu sendo coach, entendo que há situações em que um processo de mentoria seria melhor do que um processo de coaching. O fato que irá decidir qual será a escolha é a situação que o cliente se encontra, ou seja, seus objetivos. E tenho certeza que, depois de ler este artigo, sua decisão será mais assertiva.

Compartilhe com aquele amigo que também tem está dúvida!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s