O hábito da procrastinação

“Hoje vou contar para vocês a grande história do Sr. Procrastinado… Na verdade, acho melhor contar amanhã… Ou talvez semana que vem…”

Procrastinação segundo o dicionário é o ato de adiar ou delongar algo, um hábito que assombra muitas pessoas no dia a dia em diversas áreas de suas vidas, como: estudos, negócios, tarefas domésticas, entre outras. Separei três aspectos que considero principais dos diversos responsáveis por causar a procrastinação, são eles: acrasia; síndrome do “vai dar errado” e objetivo indefinido.

Acrasia é um dos principais responsáveis pela procrastinação, você sabe o que deve ser feito mas acaba perdendo o foco com outras tarefas de menor ou nenhuma importância, o que acaba resultando na procrastinação. Essas tarefas de menor importância vão desde uma olhada nas redes sociais, até mesmo aquele cochilo na parte da tarde. Para evitar essa prática e retomar o foco em suas tarefas sempre reserve um tempo no seu dia a dia para descansar. Uma tarefa ser menos importante não a torna desnecessária, precisamos ter nosso tempo de lazer, apenas precisamos definir o tempo de cada tarefa para que nada seja deixado de lado. Quando nós organizamos nosso tempo percebemos que há mais tempo livre do que imaginamos.

Síndrome do “vai dar errado” é um aspecto de grande peso na causa da procrastinação, sempre que você vai realizar algum projeto e seu foco é voltado para o que pode dar errado, é praticamente impossível terminar (ou até mesmo começar), isso causa desânimo e indecisão, faz com que você adie ou até mesmo cancele suas tarefas antecipando obstáculos que podem não acontecer.

Ao invés de imaginar o que pode dar errado, anote todos os pontos positivos de seu projeto e use isso como forma de se motivar a realizar da melhor forma possível. Otimismo e motivação devem ser os melhores amigos de quem quer ter sucesso.

Objetivo indefinido é um dos pontos que mais causam frustração. Quando um objetivo não é definido você nunca vai saber por onde começar e como terminar, acaba perdendo totalmente o foco no que está fazendo, já que não sabe o que fazer exatamente. Defina seu objetivo, descreva todas as etapas necessárias para alcança-lo, veja onde você está e saiba onde quer chegar. Organize seu tempo, seja otimista e produza mais.

Sempre fui uma pessoa com várias ideias, nem boas, nem ruins. Apenas ideias. Queria colocar todas em prática, como qualquer um. No final das contas eu começava tudo e terminava nada, simplesmente não conseguia manter o foco, enquanto realizava algo me surgia outra ideia que me fazia abandonar a anterior. Descobri da pior maneira (me frustrando) que não definir um objetivo é caminhar sem trajeto, ou seja, irá se cansar com a caminhada sem saber para onde está indo. Defina seu destino e depois seu trajeto, e o mais importante: Diga não a procrastinação!

Anúncios

2 comentários em “O hábito da procrastinação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s